segunda-feira, 30 de julho de 2012

Não, ainda não estou de férias...

mas com o trabalho que se acumula (e que parece que aumenta sempre que estamos para ir de férias) e com o aniversário do miúdo do meio pelo meio, não tenho conseguido mesmo aqui vir e visitar os vossos cantinhos.

Mas está quase. Está mesmo quase... :)

Boa semana!!!

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Mais uma pergunta:

Porque é que os dias em que mais nos sentimos "assambarcadas" são os dias em que mais berbicachos (é assim que se escreve?) surgem?

Hoje estou de todo. E os berbicachos também.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Querem levar um murro no estômago?



Leiam este livro.

E como eu gosto de arranjar sarna para me coçar...

... tenho agora um novo elemento lá em casa. Estava debaixo do carro, a tremer a a miar sem parar. Segundo uma vizinha, levou uma enorme tareia da mãe que o rejeitou e estava ali para se esconder...



Estava esfomeado e atirou-se logo à comida do residente. Para já o "mais antigo" está a recebê-lo bem, a ver vamos como corre o dia hoje lá por casa...

Boa semana!

and it's love

sexta-feira, 20 de julho de 2012

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Muito bom...

"O leitor não tem dado atenção aos gurus do empreendedorismo. Está a ler isto, em vez de estar a empreender. Prepara-se para ficar mais de dois minutos sem inovar. Borrifa-se despudoradamente na competitividade. Que se passa? Não ouviu os sacerdotes do trabalho? Não se sentiu inspirado pelas palestras de motivação? Se calhar, não fala empreendedorês. Não recebeu inputs, perdeu a oportunidade de desenvolver o know-how e agora não consegue dar feedback. Não tem drive nem mindset de mercado para abordar um cluster de empresas e mostrar-lhe os seus skills técnicos. Impressionante, a sua incúria. "

Ler mais aqui

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Pergunta:

O que é que custa puxar o autoclismo depois de se utilizar a casa de banho e verificar que ele foi bem puxado?

terça-feira, 17 de julho de 2012

Dava tudo para encontrar

este livro na arrecadação da minha mãe. Mas acho que já lá não está.

O que eu gostava de o folhear quando era miúda. Até me vieram as lágrimas aos olhos...

Férias

Este ano, a semana de termas... era uma vez. Não há dinheiro, não houve subsídios, não há termas para ninguém. Ficamos mais uma semana no parque de campismo e já é óptimo. Que o sol e o calor se mantenham, já me dou por muito contente.

(e pensar que já houve anos em que passamos duas semanas nas termas...)

E o braseiro que vai lá fora???

Isto é o que se chama passar do "8 para o 80"!

Esta podia ter sido escrita por mim...

google imagens

Bom dia!

Este blog anda um pouquito abandonado. A inspiração não tem sido muita, os dias têm sido demasiado preenchidos de trabalho e o desejo de férias é mais que muito.

O que eu queria mesmo? Isto:

icanread

(com um bocadinho de sombra e protector solar, claro...)

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Mimo

Tenho muitos "mimos" em atraso, eu sei, podem ralhar comigo. E para que não fique mais um por responder, aqui está o mimo que a Paula me deu. Obrigada Paulinha!


As regras dizem o seguinte:


Primeiro responder às curiosidades. Depois, oferecer o selinho a 15 blogues.

Vamos lá então...

Curiosidades:
1- Um sonho realizado: Os meus três filhos
2- Um sonho por realizar: Ter a minha casa com vista para o mar
3- O que adoro fazer em casa: Esticar-me no sofá e ler um livro; brincar com os miúdos; fazer bolos ou sobremesas
4- O que odeio fazer em casa: Todas as tarefas domésticas (que infelizmente têm que ser feitas não tendo eu outro remédio :P)
5- O que me faz sorrir: As gargalhadas dos meus miúdos
6- O que me faz chorar: Qualquer tipo de injustiça.
7- Um talento: Tenho a capacidade de, no meio de todo o barulho do mundo, me absorver de tal maneira que só ouço ou leio o que tenho à frente.
8- O que gostaria de saber fazer: Falar todas as línguas do Mundo (todas sem excepção)
9- Um segredo: ...
10- Um medo: Perder aqueles que mais amo
11- Um pecado: Doces. De toda a espécie e feitio (Mentira: não gosto de chantilly)
12- Uma viagem: Cuba
13- Um doce: Estão a ver a resposta à onze? Então escolham um doce: eu gosto de certeza!
14- Um perfume: Miss Dior Chérie L'eau e Escale à Portifino Dior
15- Uma história: Não sei bem, mas ainda hoje gosto de todas as histórias que devorei d' Os Cinco...
16- Um filme: "O Silêncio dos Inocentes"
17- Um blogue: Não é possível escolher...
18- Um nome: Marina
19- Uma frase: "Don't worry. Be happy!"
20- Uma vida: A da minha mãe e a minha (são duas, eu sei mas a minha tenta seguir a da minha mãe)


Oferecer este mimo a 15 blogues: Acho sempre esta parte tão complicada... vamos fazer assim: Ofereço este mimo às/aos meus/minhas seguidores/as. Pode ser assim, Paula?


Boa semana! :)


iheart-myself


quarta-feira, 11 de julho de 2012

Sabes que estás a precisar de férias quando

tens um documento nas mãos, com instruções escritas sobre o que fazer com ele, olhas para o dito documento e perguntas a ti mesma "o que é que eu faço com isto?"

Conto os dias... conto os dias.

terça-feira, 10 de julho de 2012

Dizem que é sinal de dinheiro

Não é sinal de dinheiro e ainda por cima incomoda como tudo. Nos últimos tempos ando com uma comichão nas mãos que não tem explicação. Especialmente entre os dedos e na palma da mão esquerda.

Era bom que fosse sinal de dinheiro. A esta hora estava multi-milionária :P

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Eu e a minha irmã

temos 6 anos (e 6 dias) de diferença. Sou a mais velha. Fomos criadas pela mesma mãe, de maneira igualzinha. Já aqui o disse, é uma das poucas pessoas por quem dava a minha vida se fosse preciso. Fisicamente, apesar de ela ser um bom bocado mais alta que eu, somos parecidas. No entanto, em termos de feitio e de maneira de ser, somos o mais oposto possível. Quando éramos miúdas, se a minha mãe comprava um miminho para as duas era certo e sabido que nunca havia confusão: eu gostava de um e ela gostava do outro. Nunca guerreamos por alguma coisa, pois os nossos gostos sempre foram em sentidos opostos.

Isto tudo por causa de uma conversa que tivemos à hora do almoço. A maneira como eu encaro ex-relações é completamente diferente da dela. Para mim se acabou, acabou. Não quero saber rigorosamente nada sobre o "outro" na sua vida "pós-Carla". Para quê? Ela não. Está sempre à procura de qualquer informação. Não para interferir na vida do outro, apenas por curiosidade (mórbida, para mim). E, tal como lhe disse, para se martirizar.

E é nestas alturas que eu preferia que sempre tivessemos guerreado pelos brinquedos e que ela sempre gostasse das mesmas coisas que eu... não gosto nada de a ver triste.

Boa semana!

icanread

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Então...

Google imagens
desejo-vos um bom fim-de-semana, bem tranquilo e com muitos mimos.

Preciso de uma ajuda/sugestão

Por aquilo que já percebi, os livros do 1.º ano do meu filho do meio, vão ser os mesmos da miúda mais nova este ano. E seria óptimo, porque era menos uns bons euros que eu gastava.

Acontece que o miúdo não é nada "meiguinho" a escrever e, portanto, eu não consigo apagar na totalidade o que ele escreveu nos livros.

Mães que por aqui vão passando e que conheçam outras: como fazem (em caso de o fazerem)? Alguém tem alguma sugestão? É que se eu puder poupar 50€...

Dos blogs

É isto mesmo:

"Primeiro contentaram-se porque só afectava os funcionários públicos. Agora descontentam-se porque afinal pode afectar os privados. Mas há uma pequena fatia que ainda se contenta e diz "a mim não faz diferença, porque não os recebo". E que tal meterem os neurónios a trabalhar um bocadinho e pensarem que, por cada cada imposto que aumenta, por cada empresa que fecha, por cada pessoa que é despedida, por cada injustiça que é feita, faz TODA a diferença, independentemente de receberemos 12, 14 ou 194 subsídios?


É por isto que estamos assim, enquanto cada um olha para a sua pança eles fazem o que querem e mesmo nas nossas barbas. E estreiteza de consciência é bem mais grave do que ter maus políticos."
 
Escrito pela Fuschia

Quando ouvi a notícia do Tribunal Constitucional

fiquei, claro, mais que satisfeita. As contas que já tive que fazer e as voltas à carteira que tive que dar com a falta que os subsídios me fizeram...

Mas depois, pus-me a pensar (de vez em quando também faço isso :D) e só me ocorreu: Ok, vou ter de volta os subsídios, mas a que preço?

E depois ouvi aquele "senhor" que se diz primeiro-ministro a dizer que iam estudar o que fazer para tapar o buraco que ficava aberto com a falta deste dinheiro e tive a certeza que o preço vai ser bem alto.

E a satisfação que senti... foi-se toda embora.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Sossego

Quem vai lendo este blog terá percebido que tenho uma casa muito "movimentada". Com uma família grande, gato e pássaros, sossego é coisa que reina pouco naquele espaço. Silêncio então, só mesmo com toda a gente a dormir (e mesmo assim o homem ressona :P). Acontece que sou uma pessoa que gosta muito de silêncio. Gosto, faz-me bem, preciso.

E escrevi isto tudo porquê? Porque no próximo fim-de-semana vou levar a minha mãe e o meu filho mais velho para o parque de campismo e aquela viagem de pouco mais de 100km que vou fazer de regresso, vai ser feita em silêncio e "vai-me saber que nem ginjas"! Vai ser o meu momento zen...
icanread

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Por uma boa causa



A Raio-de-Luar pediu para divulgar (também para quem possa contribuir, ajudar) e aqui fica o apelo.

Falta apenas um mês...

Daisypath Vacation tickers

Acabei de descobrir que tinha visto mal o calendário e que faltam menos 3 dias do que aqueles que pensava para as férias (nota-se muito  que ando desesperada de férias????)

terça-feira, 3 de julho de 2012

"Tens um mano na barriga?"

Leiam. Primeiro aqui, depois aqui.

Depois, se sentirem que o devem fazer, ajudem.

Acordar maldisposto/a

Os horários dos autocarros da minha zona foram alterados. Passaram a horário de Verão. Houve muita gente que não se tinha apercebido da alteração e, por consequência, ainda hoje havia pessoas baralhadas com os horários.

Vem isto tudo a propósito de uma senhora que entra no autocarro já a barafustar "porque assim, porque assado" "e diminuem autocarros sem dizer nada a ninguém" (há uma semana que vinha anunciado nos ecrans dos autocarros que a alteração ia acontecer a partir de 30 de Junho...), "vêm os autocarros cheios até ao tecto (...) e ainda por cima os novos ocupam os lugares e os velhos ficam em pé, é uma pouca vergonha..." (a senhora não tinha mais que 50 e poucos anos, sem qualquer aparente incapacidade, a não ser excesso de 'língua'...). E onde  fica a senhora? Junto à porta da saída do autocarro impedindo que as pessoas avançassem para a traseira do autocarro... lá houve alguém que teve coragem (porque a senhora parecia que ia bater em alguém!) de lhe pedir para se chegar mais para trás e, a contragosto, lá se chegou (couberam mais 5 pessoas nesse espaço...).

A história até podia acabar por aqui e já era suficiente, mas não... estando o autocarro a aproximar-se da paragem de Alcântara, alguém teve a audácia de pedir licença à senhora para passar. A senhora até podia ter dito à outra pessoa para esperar um bocadinho porque não conseguia desviar-se, mas não... "o que é que você quer que eu faça? que me pendure no autocarro para você passar?". Claro que a outra senhora não se ficou, como eu não me ficaria e respondeu-lhe como eu lhe responderia "só lhe pedi licença para passar. Se não é possível a senhora só me tinha dito para eu esperar um bocadinho que eu esperava. Nao precisava era de descarregar toda a sua má disposição em cima de mim e de toda a gente.". Acreditam que mesmo assim ela ainda continuou a protestar até a outra senhora sair?

A sério, não percebo. Eu tenho dias em que logo de manhã já sinto o peso do Mundo em cima dos ombros e não é por isso que venho para a rua descarregar nos outros... Qual é a necessidade?

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Eu não aprendo...

e depois queixo-me. Tenho um defeito tremendo, confio nas pessoas e depois admiro-me quando elas desiludem, mostrando ser aquilo que eu pensava que não eram.

Eu bem tento separar o trigo do joio e todas as vezes que isto acontece eu digo - não confies tanto, não te dês tanto. Mas é mais forte do que eu. Depois... depois fico assim, desiludida. Descrente nas pessoas.


icanread


icanread


E acabando o desafio das Amantes do Verão

começa hoje o desafio dos meus "amantinhos do verão". Os meus cachopos mais pequenos começaram a época de praia (15 dias) lá da escola. Os miúdos estavam tão ansiosos que, ao contrário do que é costume, 15 minutos antes de sairmos de casa já estam mais que prontos, com chapéus na cabeça e tudo!

Boa semana!

Google imagens

Labels

... (186) ' (1) 'Cóltura (1) 'o melhor país do mundo' (9) 'o melhor país do mundo'; (1) 'One Good Deed a Day' (15) "Cóltura" (5) "o melhor país do mundo" (78) 101 coisas em 1001 dias (4) 2010 (8) 2011 (7) 2012 (6) 2013 (2) 2013 Technicolor (55) 2014 (3) 25 de Abril (2) 30 dias para o Natal 30 agradecimentos (30) 31 dias para o Novo Ano 31 desejos (31) a idade não perdoa (1) a minha família (9) a minha família e a blogosfera (3) a vida como ela é (121) actualidade (1) ai (1) ai... (1) alegria no trabalho (1) almoço (1) amigos (8) animais (12) aniversários (38) aprender (2) aquilo que eu acho (1) as amantes do verão (31) atletismo (1) atrasados mentais (2) Benfica (5) blog (36) blogger (2) Blogosfera (162) Boas ideias (1) bullying (1) cabeça no ar (2) calor (1) cansaço (1) Carnaval (5) cinema (21) Citações (26) coisas boas (4) coisas da maternidade (1) coisas giras (2) coisas hilariantes (1) coisas minhas (89) coisas que gosto (142) coisas que me acontecem (1) coisas que me sabem bem (1) coisas que não compreendo (2) coisas raras (1) coisas sem interesse nenhum (1) coisas simples (1) conselhos (5) crise (1) crónicas (1) culinária (18) de vez em quando sabe bem desabafar (1) decisões em família (1) desafio 12 meses (12) desafios (143) desporto (3) dias especiais (17) dinheiro (52) doenças (37) eleições (10) escritores (1) escritos que gosto (3) estação favorita (2) estações favoritas (5) Eu (283) eu sou assim (4) Eu sou dadora de sangue com muito orgulho (1) Eu sou dadora de sangue com nuito orgulho (1) exageros (1) F/M (4) faltas de educação (15) Família (103) (9) felicidade (6) férias (107) Filhos (199) fim-de-semana (1) finanças (6) fobias (1) fora do trabalho (1) fotografia (94) fruta (1) Futebol (44) grandes verdades que vou encontrando por aí (1) greve (2) gulodices (1) hobbies (23) idade (1) Idiotas com "i" grande (1) idiotices sem explicação (6) indecisões... (4) Inícios (8) intuição (1) irmã (1) irritações (1) jornais (16) justiça para todos? (14) liberdade (2) Lisboa (1) livros (80) marmitas (1) mau feitio (1) mau feitio... (209) mazelas minhas (2) mimos (15) momentos bons (1) Mundo (49) música (106) música/dança???? (1) Natal (72) net (62) o melhor país do mundo (9) Pai (5) palavra do dia (36) parvoíces (3) parvoíces minhas (1) parvoíces... (59) pausas que me sabem bem (1) pequenos prazeres (1) perda de peso (7) pessoas especiais (39) pessoas por aí (1) Pobre Portugal... (8) poesia (1) Política (125) Portugal (128) Portugal - liberdade (4) Portugal. liberdade (4) poupança (7) praia (3) preguiçosa (1) Projecto 365 (67) publicidade (30) quando eu era pequenina (6) Rádio (25) reflexões (56) relaxar (4) revistas (3) Saúde (36) selos (4) sobre os preconceitos e as lições que a vida nos dá (1) sol (1) solidariedade (2) sonhos... (1) Tejo (1) Tempo (115) tenho frio (1) todos diferentes todos iguais (1) tontices (2) trabalho (158) trabalhos manuais (2) trânsito (3) transportes (6) tv (80) vícios (6) vida escolar (45) YES (1)

Também leio...

As fotografias inseridas neste blog têm origem em:

- Mim própria;
- i can read;
- And it's love;
- vi.sualise.us;
- google;
- Pinterest

Qualquer foto vossa que aqui estiver e que não queiram publicada, digam, que eu retiro imediatamente.