sexta-feira, 29 de outubro de 2010

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Uma pergunta

porque é que as coisas más só acontecenm às pessoas boas, às que não o merecem?

Por aqui já se espera o Natal

E não é pelas prendas. Até porque já há muito anos que deixei de dar prioridade às prendas que me dão. Isso era quando era miúda.

Espera-se o Natal porque é uma noite especial que eu gosto de passar em família. A grande família. A família ao estilo italiano, com avós, pais, filhos, tios, primos, muita gente reunida à volta da mesa. O bacalhau, as couves, os doces tradicionais caseiros, os risos, as conversas. Disso é que eu gosto. A isso é que eu aprendi a dar valor. E para isso não é preciso ter dinheiro (porque é tudo feito por nós), é preciso ter amor.

Quanto às prendas, coisas feitas por mim têm sido a tónica dos últimos anos. Este ano não vou fugir à regra. Apenas vou sair dessa regra para os meus filhos e esses já sabem que o "Pai Natal" apenas traz uma prenda para cada um (acho um exagero o que os miúdos recebem...).

Posts que li e que gostei (18)

Este. Porque explica a situação actual tal como ela está.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Portugal, Portugal - Jorge Palma




Tiveste gente de muita coragem
E acreditaste na tua mensagem
Foste ganhando terreno
E foste perdendo a memória

Já tinhas meio mundo na mão
Quiseste impor a tua religião
E acabaste por perder a liberdade
A caminho da glória

Ai, Portugal, Portugal
De que é que tu estás à espera?
Tens um pé numa galera
E outro no fundo do mar
Ai, Portugal, Portugal
Enquanto ficares à espera
Ninguém te pode ajudar

Tiveste muita carta para bater
Quem joga deve aprender a perder
Que a sorte nunca vem só
Quando bate à nossa porta

Esbanjaste muita vida nas apostas
E agora trazes o desgosto às costas
Não se pode estar direito
Quando se tem a espinha torta

Ai, Portugal, Portugal
De que é que tu estás à espera?
Tens um pé numa galera
E outro no fundo do mar
Ai, Portugal, Portugal
Enquanto ficares à espera
Ninguém te pode ajudar

Fizeste cegos de quem olhos tinha
Quiseste pôr toda a gente na linha
Trocaste a alma e o coração
Pela ponta das tuas lanças

Difamaste quem verdades dizia
Confundiste amor com pornografia
E depois perdeste o gosto
De brincar com as tuas crianças

Ai, Portugal, Portugal
De que é que tu estás à espera?
Tens um pé numa galera
E outro no fundo do mar
Ai, Portugal, Portugal
Enquanto ficares à espera
Ninguém te pode ajudar

Ai, Portugal, Portugal
De que é que tu estás à espera?
Tens um pé numa galera
E outro no fundo do mar
Ai, Portugal, Portugal
Enquanto ficares à espera
Ninguém te pode ajudar

Falando de coisas sem importância

Deixei de ver a Casa dos Segredos. Comecei a vê-la, tal como escrevi, para me distrair, por diversão. A partir do momento em que um programa me começa a irritar e a pôr mal disposta por causa de tantas discussões e intrigas, desligo.

Para ficar chateada, basta-me a vida real.

O Sr. Silva disse ontem que tinha dado ordens

para gastar apenas metade do que é permitido na sua campanha eleitoral. Ora para mim, isto é "tapar o Sol com a peneira". O que andou a fazer ele nas últimas semanas, disfarçado de Presidente da República, pelo País, senão pura e dura campanha eleitoral à custa dos dinheiros públicos? Chegámos ou não a vê-lo empoleirado num carro (do Estado, claro), com os braços no ar enquantoa multidão gritava "Cavaco! Cavaco! Cavaco!".

Por favor, Sr. Silva. tenha pelo menos a decência de se manter calado. É que em boca fechada não entra mosca...

terça-feira, 26 de outubro de 2010

daqui

Sem vontade para escrever

Ando tão irritada com tudo e com todos que perco a vontade de escrever. E depois ver algumas pessoas, que se deviam dar ao respeito antes de o exigir, a gozar connosco a toda a força, sem qualquer vergonha... só me apetece é desaparecer para bem longe!

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Descobri que

um blog que li de fio a pavio como se de um livro se tratasse, ao fim de dois anos de interregno voltou a ser escrito. E fiquei contente.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Eu sei que já começo a chatear de tanto falar no assunto

Mas vejo a minha vida a andar para trás todos os dias. É que todos os dias me vem parar às mãos - através de comunicados, através de notícias (rádio, televisão, jornais), através dos meus colegas - novidades das "boas". Todos os dias descubro mais uma coisa que me vão tirar. E como trabalho no mesmo sítio que o meu marido, é a dobrar no orçamento familiar. Qualquer dia estou a pagar para vir trabalhar.

São ou não são notícias boas?

terça-feira, 19 de outubro de 2010

E é assim o nosso país

Em França, por causa do regime de aposentações, os franceses já vão no sexto dia de greves (o que seria se fosse por causa das medidas que vão aplicar cá?).Em Portugal, há que diga que não faz greve, daqui a um mês (porquê tanto tempo?), porque isso da greve geral é só para encher os sindicatos de dinheiro(???), esses comunistas e tal e coisa...

Oh pá...!

Eu quero ver...


"é tão fofo que eu até vou morrer!"

Vejam que coisa maravilhosa

Aqui

Acabei de descobrir, por acaso, um blog que se dedica exclusivamente a dizer mal dos outros blogs

WTF?

Qual é o interesse?

Tenho a melhor mãe do Mundo

Era só isto.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

O que me faz confusão?

Pessoas que estão no local de trabalho a encher colheres, tendo oportunidade de se irem embora para casa (ou para onde quiserem).

sábado, 16 de outubro de 2010

À minha mana

Adoro-te! Eu sei que os últimos tempos não têm sido fáceis mas há que confiar. Já passamos por tanto, não há nada que nos derrube. Parabéns! Para mim, és a maior!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Uma perguntinha

Se a EDP é a única fornecedora de energia no país, qual é o interesse da publicidade escarrapachada nos jornais, nos placards de rua, sobre eles serem "os maiores"? Não é deitar o MEU (de todos) dinheiro para a rua?

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Medicina do trabalho

Diagnóstico: Marcar consulta com médico assistente para arranjar solução para o cansaço e para a tristeza que se vão fazendo sentir por aqui;  O electrocardiograma e a tensão estavam mais que normais, ou seja, o coração mecânico está bom, o outro é que está menos bem...; Marcar com urgência consulta de oftalmologia porque, mesmo com óculos, estou a ver muito mal.
Isto tudo sem ter levado o resultado das análises e do Rx (ainda não estavam prontos). Mal posso esperar...

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Love Actually

Toda a gente adora esta cena do filme, toda a gente a recorda:

Mas para mim a melhor cena deste filme é esta:


domingo, 10 de outubro de 2010

Happy Birthday... to me!

42 anos. Há alturas em que me apetece desistir. Mas depois penso que só tenho que agradecer o ter chegado aqui e ter a oprtunidade de ter aqueles que mais importam na minha vida ao meu lado. E penso no meu pai. Naquilo que ele lutou, trabalhou, para que eu possa comemorar este 42 anos ao lado deles. E na minha mãe. A minha mãe guerreira que nunca desistiu, que sempre me deu força, quando a ela já poucas restavam. E nos meus filhos, a quem quero continuar a transmitir todos os valores que eles me transmitiram. E para isso, ainda preciso de andar cá mais uns anitos.

Por isso:

PARABÉNS CARLA!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

E eu faço anos no fim-de-semana!

Para aumentar a "depressão"

(ponho entre aspas porque a verdadeira depressão é uma coisa muito séria e não quero brincar com isso), as más notícias que vão surgindo sobre os nossos dinheiros (nossos?) são dadas em dias chuvosos como estes. Será que o S.Pedro também é funcionário público?

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Secret



Ai, ai

Este tempo é tão bom para estar em casa, a fazer coisas que gosto, para mim e para os meus. Isso é que era!

Em vez disso estou noutra casa que não é minha, a fazer coisas que não gosto, para os outros. Enfim...

A revista Máxima tem uma secção com o título "Preços Pequenos / Grandes Compras

E considera que uma carteira em pele por 130€ e uma camisa de ganga por 93€ são alguns dos tais preços pequenos.

Crise? Qual crise?

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Gatos



Como resistir-lhes?

Espera... ainda faltou dizer mais uma coisa sobre o fim-de-semana que passou

Caíu o primeiro dente de leite ao moço do meio, no Sábado. Para que fique registado.

E num domingo chuvoso em que não se pode sair de casa com os miúdos o que é que se faz?

Faz-se doce de abóbora com canela e nozes. O marido abriu a abóbora, eles (os mais pequenos) ajudaram a partir as nozes e eu fiz o resto. E que bom que ficou! Vi a receita aqui a semana passada e como tenho duas abóboras na despensa, olha... não fomos de modas!

Como o pessoal lá de casa aprovou, começo a desconfiar que já sei o que vão ser as prendas de Natal. Nos últimos anos, as minhas prendas têm sido coisas feitas por mim: há dois anos, fiz bijuteria, o ano passado foram cachecóis (que fizeram sucesso, por sinal), este ano, acho que vou pelo doce caseiro. Ainda me sobrou uma abóbora e sempre é uma maneira de poupar nestes tempos de crise.

Sobre a Casa dos Segredos

Aviso já que eu não sou daquelas pessoas que dizem "Ah! Esse programa. Não vi nem vou ver, que porcaria, isso são programas para gente burra e eu sou tão inteligente..." (se calha estar a falar-se do programa, até sabem os pormenores todos, mas isso não interessa nada). Não senhor. Eu vejo, digo que vejo e vou continuar a ver. Porque enquanto vejo descontraio, não penso no que não devo pensar, e divirto-me. E porque sou "povo". Povo português. E povo português que é povo português gosta de espreitar as vidas alheias. Ah pois gosta!

Bom, já disse que vou ver. Agora falemos do que eu acho do programa em si. O que eu acho é que aquilo está mais giro que o Big Brother. Aquela coisa dos segredos, das missões secretas e afins vai dar movimento ao programa. O que eu me ri com os gémeos e com a roupinha que aquele menino armado em Bublé vai ter que vesti nos próximos dias...E os segredos... aquilo é só gente jeitosa. A Júlia Pinheiro está no registo de sempre, que acho que é o mais indicado para este programa. O Pedro Granger... eu nunca lhe achei muita piada, mas confesso que ontem até teve alguma.

A ver vamos. São três meses. Para já promete. Se me fartar, deixo de ver. Se não... vou ver até ao fim. E comentar de vez em quando.

Dos meios que uso para acalmar

Atendendo à vida que tenho, preciso de arranjar maneira de ao fim do dia, quando todos já descansam, de afastar as más vibrações, de acalmar, de descontrair, para dormir tranquilamente. E assim, refugio-me nos "trabalhos manuais" para o fazer.

Então, na última semana os meus filhos têm sido os beneficiários:

para o mais velho, um cachecol que tinha iniciado no Inverno passado e que, sem qualquer razão, tinha ficado parado no primeiro terço;

para a mais nova, um quadro da Hello Kitty, em ponto cruz, para pendurar no quarto dela;

para o do meio, está em fase de produção um cachecol e um gorro para usar nos dias mais frios que se avizinham.

Labels

... (186) ' (1) 'Cóltura (1) 'o melhor país do mundo' (9) 'o melhor país do mundo'; (1) 'One Good Deed a Day' (15) "Cóltura" (5) "o melhor país do mundo" (78) 101 coisas em 1001 dias (4) 2010 (8) 2011 (7) 2012 (6) 2013 (2) 2013 Technicolor (55) 2014 (3) 25 de Abril (2) 30 dias para o Natal 30 agradecimentos (30) 31 dias para o Novo Ano 31 desejos (31) a idade não perdoa (1) a minha família (9) a minha família e a blogosfera (3) a vida como ela é (121) actualidade (1) ai (1) ai... (1) alegria no trabalho (1) almoço (1) amigos (8) animais (12) aniversários (38) aprender (2) aquilo que eu acho (1) as amantes do verão (31) atletismo (1) atrasados mentais (2) Benfica (5) blog (36) blogger (2) Blogosfera (162) Boas ideias (1) bullying (1) cabeça no ar (2) calor (1) cansaço (1) Carnaval (5) cinema (21) Citações (26) coisas boas (4) coisas da maternidade (1) coisas giras (2) coisas hilariantes (1) coisas minhas (89) coisas que gosto (142) coisas que me acontecem (1) coisas que me sabem bem (1) coisas que não compreendo (2) coisas raras (1) coisas sem interesse nenhum (1) coisas simples (1) conselhos (5) crise (1) crónicas (1) culinária (18) de vez em quando sabe bem desabafar (1) decisões em família (1) desafio 12 meses (12) desafios (143) desporto (3) dias especiais (17) dinheiro (52) doenças (37) eleições (10) escritores (1) escritos que gosto (3) estação favorita (2) estações favoritas (5) Eu (283) eu sou assim (4) Eu sou dadora de sangue com muito orgulho (1) Eu sou dadora de sangue com nuito orgulho (1) exageros (1) F/M (4) faltas de educação (15) Família (103) (9) felicidade (6) férias (107) Filhos (199) fim-de-semana (1) finanças (6) fobias (1) fora do trabalho (1) fotografia (94) fruta (1) Futebol (44) grandes verdades que vou encontrando por aí (1) greve (2) gulodices (1) hobbies (23) idade (1) Idiotas com "i" grande (1) idiotices sem explicação (6) indecisões... (4) Inícios (8) intuição (1) irmã (1) irritações (1) jornais (16) justiça para todos? (14) liberdade (2) Lisboa (1) livros (80) marmitas (1) mau feitio (1) mau feitio... (209) mazelas minhas (2) mimos (15) momentos bons (1) Mundo (49) música (106) música/dança???? (1) Natal (72) net (62) o melhor país do mundo (9) Pai (5) palavra do dia (36) parvoíces (3) parvoíces minhas (1) parvoíces... (59) pausas que me sabem bem (1) pequenos prazeres (1) perda de peso (7) pessoas especiais (39) pessoas por aí (1) Pobre Portugal... (8) poesia (1) Política (125) Portugal (128) Portugal - liberdade (4) Portugal. liberdade (4) poupança (7) praia (3) preguiçosa (1) Projecto 365 (67) publicidade (30) quando eu era pequenina (6) Rádio (25) reflexões (56) relaxar (4) revistas (3) Saúde (36) selos (4) sobre os preconceitos e as lições que a vida nos dá (1) sol (1) solidariedade (2) sonhos... (1) Tejo (1) Tempo (115) tenho frio (1) todos diferentes todos iguais (1) tontices (2) trabalho (158) trabalhos manuais (2) trânsito (3) transportes (6) tv (80) vícios (6) vida escolar (45) YES (1)

Também leio...

As fotografias inseridas neste blog têm origem em:

- Mim própria;
- i can read;
- And it's love;
- vi.sualise.us;
- google;
- Pinterest

Qualquer foto vossa que aqui estiver e que não queiram publicada, digam, que eu retiro imediatamente.