quinta-feira, 30 de junho de 2011

Posts que li e que gostei (40)

Este. Na mouche.

Posts que li e que gostei (39)

Este. Já o tinha lido a semana passada e fiz intenções de o mencionar aqui, mas não sei porquê, passou-me. E gostei porquê? Porque é um post coberto de verdade mas que, pelos vistos, nem todos perceberam, por aquilo que vejo na caixa de comentários da Pipi.

E como que para ajudar à festa

a filha que sobra fez birra (choro compulsivo e  sem razão nenhuma) às 3 e meia da manhã, acordou às 6 e 10 com birra (choro compulsivo e  sem razão nenhuma), fez birra (choro compulsivo e  sem razão nenhuma) até sairmos sairmos de casa e durante os poucos minutos que levamos a chgar à escolinha ainda tentou começar outra.

Um autêntico dejá vu, em que eu sou a minha mãe e ela é a minha irmã. Se a minha filha fosse minha sobrinha, não era tão parecida com a minha irmã, de certeza... Oh mau feitio...

Hoje estou um bocadinho com o coração nas mãos

É que, por muito descontraída que uma mãe seja, acaba sempre por ser um pouco influenciada pelo ambiente que a rodeia. E depois do acidente que foi notícia nos últimos dias, e das trágicas consequências que daí surgiram, não consigo deixar de ficar um bocadinho de coração apertado quando um dos meus filhos anda em passeios por esse Portugal fora, por essas estradas fora e quando o destino de outro, apesar de não ser  longe, envolve o mar, sendo esse um  dos elementos a quem tenho muito respeito.

Calma. Vai tudo correr bem.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Eu até percebo

que o primeiro dia de trabalho depois da férias não é fácil. Mas apanhar com o mau feitio das pessoas que vêm de férias logo pela manhã, desculpem lá... é dose!

terça-feira, 28 de junho de 2011

Sobre o tanto que criticamos o que os outros fazem

A idade e a vida foram-me dando sensatez. Não sou muito velha, mas também já não sou nova. E ao longo do meu percurso, tenho aprendido que por mais que queiramos ou não, por mais que tentemos, muito do que tem que acontecer, bom ou mau, acontece. É certo que existem muitas coisas que dependem da nossa força de vontade, da nossa capacidade de "dar a volta". Mas existem muitas outras que não dependem de nós para acontecer. Por mais que as evites ou tentes evitar, elas vão acontecer. Por culpa dos outros, sem culpa dos outros, apenas acontecem porque têm que acontecer.

A idade e a vida foram-me dando sensatez. É por isso que tenho aprendido (ainda estou em fase de aprendizagem, mas estou no caminho) a não criticar os actos e as atitudes dos outros. É que nunca sabemos o que está por trás deles.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Posts que li e que gostei (38)

Este. Porque é assim que eu também penso.

Coisas que não compreendo

Festas de finalistas, viagens de finalistas e outras coisas como tal para quem termina... o quarto ano!

Se calhar sou eu que não me adapto a estas "novidades". No meu tempo (e não foi assim há tanto, na minha opinião) finalistas eram os alunos que terminavam o 12.º ano e depois os que terminavam o curso na Faculdade...

Férias...

Ena pá, preciso tanto de vocês...

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Como eu não confio nos políticos que nos governam

Anda tudo contente com o PPC. Que este é que é uma pessoa séria, que até cumpre o que promete, vejam lá, até viaja em classe económica, como o comum dos mortais, para poupar!

Pois... eu sempre ouvi dizer que as moscas se apanham com mel... E quando a esmola é grande o pobre desconfia. Se calhar sou eu que sou desconfiada por natureza. Se calhar sou eu que sou muito céptica no que toca a política. Acho que vou esperar uns meses para ver se isto é mesmo verdade ou se é aquilo a que costumo chamar "show-off", "para inglês ver", para anestesiar o pessoal.

terça-feira, 21 de junho de 2011

O meu filho mais velho

amanhã tem exame de alemão. Como teve de nota de avaliação 10, só precisa de tirar 8,4 no exame. Tem estudado afincadamente, tem-se esforçado. Apesar de tudo, não acho muito justo que a decisão de passar a uma disciplina fique condicionada a um exame (onde podemos "paralisar" como me aconteceu em tempos num exame de filosofia), tendo positiva (ainda que escassa como é o 10) na mesma.

E qual é a música emblemática do verão?

Bem-vindo!

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Continuo sem perceber.

O jardim de infância (para a mais nova) e o ATL (para o do meio) onde andam os meus filhos andam pertencem a uma I(nstituição)P(articular)de S(olidadriedade)S(ocial). Solidariedade Social. Apoios do Estado. No entanto, quem lá eu vejo são 95% de meninos que de apoio social nada precisam. Não devia ser, no mínimo dos mínimos, 50-50?

Hoje é o dia mais feliz do ano, dizem eles.

Yeah, right! A uma segunda feira, só se for para quem está de férias...
Para me animar (ou não...), fica a partir de hoje afixada a barra que assinala a meta das minhas.



sexta-feira, 17 de junho de 2011

Cada vez tenho menos paciência

para fofocas. Eu venho cá simplesmente trabalhar o que tenho que trabalhar para depois ir-me embora para junto dos meus, que são quem me interessa. Mas há sempre gente nesta xafarica desejosa de tricas e laricas, de batebocas, de má língua.

Gaita! Larguem-me o pé!

Posts que li e que gostei (38)

Este. O Pedro Ribeiro escreve tão bem sobre tantas coisas.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Sem comentários

É por estas e por outras que não nos podemos admirar com sentenças como aquela que foi dada no caso do psiquiatra "meiguinho".

Que mania

que as mulheres que andam a tentar emagrecer porque são infelizes com o seu corpo têm de dizer que quem é gordo ou tem uns quilos a mais, tem uma baixa auto-estima e é infeliz!

Tenho uma notícia para vós: nem todas se sentem assim. Aliás, muitas não se sentem assim. Não julguem os outros por vós, combinado?

E sim, eu tenho uns quilos a mais. E muita celulite. E não. Não tenho baixa auto-estima por isso. E não, não tenho vergonha nenhuma de ir para a praia com as minhas "banhas" e com os meus "buracões". Vergonha devia ter quem critica as outras (e os outros também) por se sentirem bem consigo próprias o suficiente para irem para a praia sem complexos só porque não são magras.

Era mais o que faltava eu agora não poder ir à praia para não "ferir os olhos" dessas pessoas!

Nota: Isto não tem nada a ver com quem tenta emagrecer para se sentir melhor. Tem a ver com quem tenta emagrecer para se sentir melhor e critica os outros (que têm os tais quilos a mais) por não fazerem o mesmo.

Fui ao oftalmologista aqui há dias

E agora que tenho os óculos postos é que percebo que eu realmente não via nada, apesar de achar o contrário.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

De vez em quando gosto de ver um bocadinho da novela da SIC "Laços de Sangue". Não tanto pela história, mais por algumas personagens (o casal Coutinho, por exemplo). Ora nessa novela existe uma personagem que dá pelo nome Sheila, vendedeira na praça. É uma moça nova que dá tantos, mas tantos, pontapés no português que se torna divertido. E perguntam vocês porque me lembrei disto agora e o que é que tem de interesse? Lembrei-me porque estou a ler um blog de uma moça cuja escrita me faz lembrar a dita Sheila.

Atenção que não tem nada a ver com eu me achar superior a outras pessoas na forma de escrever, porque sei que também dou as minhas "calinadas". Tem apenas a ver com as parecenças nos "pontapés" na gramática de uma e de outra.

There's a new blog in town!

Pink Sale!

terça-feira, 14 de junho de 2011

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Poder de síntese

4 dia férias fora, 5 pessoas= 2 malas médias, um saco de desporto e mochila com brinquedos de praia. E não vai faltar nada.

Somos uma família muito prática e nada complicada.

Gostava de ver



Parece-me maravilhoso.

Posts que li e que gostei (37)

Este. Porque ela tem muita razão. Porque o que foi escrito por aquele "senhor" é completamente estapafúrdio.

S. Pedro...

vais ajudar uma pobre trabalhadora/mãe/dona de casa cansada, não vais? Vais mandar vir bom tempo para o próximos 4 dias, não vais?

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Agora almoço quase todos os dias sozinha

a minha parceira de almoço tomou outro caminho e eu fiquei sem companhia. Se nalguns dias isso me chateia, noutros não me aborrece nada. Depois de comer aproveito para sentar-me tranquilamente na área de lazer aqui do tasco e ler um bocado. Muito bom.
"Vivemos tanta coisa juntos que é isso que ponho debaixo da cabeça, como um travesseiro, para poder dormir."

D'este viver aqui neste papel descripto, António Lobo Antunes
"Recordo-me do primeiro dia em que a vi, do seu perfil de Boticelli, recordo-me do ano seguinte na praia, do seu cabelo preso atrás e da sua risca ao meio, do seu aspecto de retrato de Ingres, recordo-me do seu cabelo cortado e do seu ar de midinette, e amo perdidamente todas as suas encarnações, sem poder escolher entre elas. Amo a sua gravidez, os seus gestos, os seus sorrisos e as suas fúrias. Amo as suas zangas e a solenidade calada e digíssima dos seus amuos. Amo as suas recriminações e os seus beijos. E amo o seu filho, o filho de Vossa excelência, meu amor."

D'este viver neste papel aqui descripto, António Lobo Antunes

E isso é que interessa!

Aos abstencionistas

domingo, 5 de junho de 2011

Estão contentes?

Pensem lá melhor... com a direita com maioria absoluta, os patrões e os banqueiros ficam com a faca e o queijo na mão para fazerem o que querem.

Os culpados? Vocês que não foram votar, vocês que levam o tempo todo a protestar e depois vão para a praia, vão passear e esquecem-se de repente, daquilo que hoje era importante. 45%(ou quase) de abstenção? Uma vergonha!

Venham queixar-se ao pé de mim sabendo eu que não votaram e não esperem que saiam palavras de consolo da minha boca... Estou furiosa com vocês, pois estou.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Em relação ao post anterior

e mais propriamente ao que escrevi na últimas linhas, esse é que é o meu problema. É que eu não consigo achar, no meio deste imeeeeenso rol de partidos que vão a votos, ninguém que me convença do contrário, de que as coisas vão mudar (para melhor, claro), de que se vão empenhar por defender os interesses de todos os porugueses e não apenas os deles (ainda ontem vi o Sr. Belmiro de Azevedo a falar apoiar o PSD... tirem as vossas conclusões)

Votar? Sem dúvida. Em quem? Com muitas dúvidas...

Dizem que sim

que hoje é o último dia de campanha, que se vai acabar a seca que são estes dias de campanha, as televisões e os jornais durante este período.

Pois diz que sim. E até era bom, se na segunda não começasse aquilo que vai ser o período pós-eleições, de quem vai mandar mais, de quem vai mandar menos, de quem ganhou, de quem perdeu, blábláblá.

Muda-se o tema, mantém-se a seca. E segundo os oráculos, vão "mudar-se as moscas". O problema é que a m**** se vai manter..

Galo, galo...

é ter-nos surgido a oportunidade de passarmos o fim-de-semana de 4 dias que vem aí (para quem trabalha em Lisboa...) fora de casa (coisa que por razões de orçamento é normalmente impossível fazermos e por isso festejada até à exaustão por toda a pandilha) e, consultando a metereologia, constatar que vai chover nos mesmo 4 dias!

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Está a ser difícil...

resistir. Está mesmo. Prometi-me (!) que não comprava mais livros enquanto não acabasse de ler osque tenho lá na prateleira de casa. Mas está a ser difícil. Todos os dias vão surgindo títulos de livros que gostava de comprar e ler. E eu vou resistindo. Mas está difícil. Muito difícil.

Posts que li e que gostei (36)

Este. Muito, muito bom...

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Coisas que eu tenho aprendido

Não misturar amizade com trabalho. Um dia a coisa corre para o torto e depois? Já diz o ditado "zangam-se as comadres, descobrem-se as verdades." Cordialidade, brincadeiras, convivência. Agora amizade? Daquela a quem se conta tudo, em quem se confiam todos as nossas tristezas e todas as nossas alegrias? Nãããã...

É claro que isso também pode acontecer com pessoas que não trabalham connosco. Mas sendo no trabalho, pode acabar por ter consequências muito mais nefastas.

Exagerada, eu? Até pode ser que sim. Mas é o que tenho aprendido ao longo dos 24 anos de trabalho que completo hoje (24 + 2 num trabalho anterior, que eu já trabalho desde os 16...).

O logo do SAPO hoje está tão giro...

SAPO – Dia Mundial da Criança

Labels

... (186) ' (1) 'Cóltura (1) 'o melhor país do mundo' (9) 'o melhor país do mundo'; (1) 'One Good Deed a Day' (15) "Cóltura" (5) "o melhor país do mundo" (78) 101 coisas em 1001 dias (4) 2010 (8) 2011 (7) 2012 (6) 2013 (2) 2013 Technicolor (55) 2014 (3) 25 de Abril (2) 30 dias para o Natal 30 agradecimentos (30) 31 dias para o Novo Ano 31 desejos (31) a idade não perdoa (1) a minha família (9) a minha família e a blogosfera (3) a vida como ela é (121) actualidade (1) ai (1) ai... (1) alegria no trabalho (1) almoço (1) amigos (8) animais (12) aniversários (38) aprender (2) aquilo que eu acho (1) as amantes do verão (31) atletismo (1) atrasados mentais (2) Benfica (5) blog (36) blogger (2) Blogosfera (162) Boas ideias (1) bullying (1) cabeça no ar (2) calor (1) cansaço (1) Carnaval (5) cinema (21) Citações (26) coisas boas (4) coisas da maternidade (1) coisas giras (2) coisas hilariantes (1) coisas minhas (89) coisas que gosto (142) coisas que me acontecem (1) coisas que me sabem bem (1) coisas que não compreendo (2) coisas raras (1) coisas sem interesse nenhum (1) coisas simples (1) conselhos (5) crise (1) crónicas (1) culinária (18) de vez em quando sabe bem desabafar (1) decisões em família (1) desafio 12 meses (12) desafios (143) desporto (3) dias especiais (17) dinheiro (52) doenças (37) eleições (10) escritores (1) escritos que gosto (3) estação favorita (2) estações favoritas (5) Eu (283) eu sou assim (4) Eu sou dadora de sangue com muito orgulho (1) Eu sou dadora de sangue com nuito orgulho (1) exageros (1) F/M (4) faltas de educação (15) Família (103) (9) felicidade (6) férias (107) Filhos (199) fim-de-semana (1) finanças (6) fobias (1) fora do trabalho (1) fotografia (94) fruta (1) Futebol (44) grandes verdades que vou encontrando por aí (1) greve (2) gulodices (1) hobbies (23) idade (1) Idiotas com "i" grande (1) idiotices sem explicação (6) indecisões... (4) Inícios (8) intuição (1) irmã (1) irritações (1) jornais (16) justiça para todos? (14) liberdade (2) Lisboa (1) livros (80) marmitas (1) mau feitio (1) mau feitio... (209) mazelas minhas (2) mimos (15) momentos bons (1) Mundo (49) música (106) música/dança???? (1) Natal (72) net (62) o melhor país do mundo (9) Pai (5) palavra do dia (36) parvoíces (3) parvoíces minhas (1) parvoíces... (59) pausas que me sabem bem (1) pequenos prazeres (1) perda de peso (7) pessoas especiais (39) pessoas por aí (1) Pobre Portugal... (8) poesia (1) Política (125) Portugal (128) Portugal - liberdade (4) Portugal. liberdade (4) poupança (7) praia (3) preguiçosa (1) Projecto 365 (67) publicidade (30) quando eu era pequenina (6) Rádio (25) reflexões (56) relaxar (4) revistas (3) Saúde (36) selos (4) sobre os preconceitos e as lições que a vida nos dá (1) sol (1) solidariedade (2) sonhos... (1) Tejo (1) Tempo (115) tenho frio (1) todos diferentes todos iguais (1) tontices (2) trabalho (158) trabalhos manuais (2) trânsito (3) transportes (6) tv (80) vícios (6) vida escolar (45) YES (1)

Também leio...

As fotografias inseridas neste blog têm origem em:

- Mim própria;
- i can read;
- And it's love;
- vi.sualise.us;
- google;
- Pinterest

Qualquer foto vossa que aqui estiver e que não queiram publicada, digam, que eu retiro imediatamente.