quarta-feira, 27 de março de 2013

Falo apenas por aquilo que vou vendo por aí e por aquilo que vejo lá por casa

Tenho para mim que isto dos filhos e das doenças, quanto mais os metermos em redomas, quanto mais dermos importância às mãos sujas que vão à boca (e quando eles estão na escola, como é?), às quedas (e quando eles estão na escola, como é), aos ranhos no nariz, aos agasalhos, aos frios e aos calores, às desinfecções, aos cremes, às vitaminas, às correntes de ar, às proibições de determindas comidas, ao problemas das brincadeiras ao ar livre, aos joelhos "rasgados", às cabeças partidas, às febres com menos de 3 dias, a... ufa!, mais eles são propensos a ficarem doentes.

Para mim, o truque foi sempre não dramatizar. Foi não exagerar. O truque foi ter sempre na ideia que se eles não estiverem expostos (dentro do razoável, com certeza!) aos elementos eles não podem criar as defesas que esses elementos exigem. Está a brincar na rua, no jardim, no quintal e está a sujar-se? No fim do dia, vai para dentro da banheira para a "barrela" e fica limpinho. Está frio? Agasalha-se, claro, mas nada de atafulhamentos como vejo algumas crianças que quase nem se mexem com tanta roupa. Caíram e abiram um joelho? Desinfecta-se, põe-se um penso (ou não) e espera-se que sare. Partiu a cabeça? A menos que o sangue não estanque, lava-se a ferida, desinfecta-se, vigia-se (para o caso de haver sonolências e naúseas) e deixa-se sarar.

Os meus filhos, tirando algumas (poucas) otites e laringites ou faringites, posso dizer que pouco estiveram doentes. Já partiram a cabeça, já arranjaram arranhões, golpes, nódoas negras. Sem dramas. O do meio foi operado aos dois anos e meio aos polegares porque tinha os tendões presos e não conseguia abri-los na totalidade. Brincam com liberdade, sujam-se, pisam poças de águas, andam descalços no chão. E daí? É sorte? Pode até ser. Mas acho que o meu "truque" também tem influência.



Nota: Atenção que não estou a falar de doenças graves, aquelas que nem com todo o cuidado do mundo poderiam ser evitadas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Labels

... (186) ' (1) 'Cóltura (1) 'o melhor país do mundo' (9) 'o melhor país do mundo'; (1) 'One Good Deed a Day' (15) "Cóltura" (5) "o melhor país do mundo" (78) 101 coisas em 1001 dias (4) 2010 (8) 2011 (7) 2012 (6) 2013 (2) 2013 Technicolor (55) 2014 (3) 25 de Abril (2) 30 dias para o Natal 30 agradecimentos (30) 31 dias para o Novo Ano 31 desejos (31) a idade não perdoa (1) a minha família (9) a minha família e a blogosfera (3) a vida como ela é (121) actualidade (1) ai (1) ai... (1) alegria no trabalho (1) almoço (1) amigos (8) animais (12) aniversários (38) aprender (2) aquilo que eu acho (1) as amantes do verão (31) atletismo (1) atrasados mentais (2) Benfica (5) blog (36) blogger (2) Blogosfera (162) Boas ideias (1) bullying (1) cabeça no ar (2) calor (1) cansaço (1) Carnaval (5) cinema (21) Citações (26) coisas boas (4) coisas da maternidade (1) coisas giras (2) coisas hilariantes (1) coisas minhas (89) coisas que gosto (142) coisas que me acontecem (1) coisas que me sabem bem (1) coisas que não compreendo (2) coisas raras (1) coisas sem interesse nenhum (1) coisas simples (1) conselhos (5) crise (1) crónicas (1) culinária (18) de vez em quando sabe bem desabafar (1) decisões em família (1) desafio 12 meses (12) desafios (143) desporto (3) dias especiais (17) dinheiro (52) doenças (37) eleições (10) escritores (1) escritos que gosto (3) estação favorita (2) estações favoritas (5) Eu (283) eu sou assim (4) Eu sou dadora de sangue com muito orgulho (1) Eu sou dadora de sangue com nuito orgulho (1) exageros (1) F/M (4) faltas de educação (15) Família (103) (9) felicidade (6) férias (107) Filhos (199) fim-de-semana (1) finanças (6) fobias (1) fora do trabalho (1) fotografia (94) fruta (1) Futebol (44) grandes verdades que vou encontrando por aí (1) greve (2) gulodices (1) hobbies (23) idade (1) Idiotas com "i" grande (1) idiotices sem explicação (6) indecisões... (4) Inícios (8) intuição (1) irmã (1) irritações (1) jornais (16) justiça para todos? (14) liberdade (2) Lisboa (1) livros (80) marmitas (1) mau feitio (1) mau feitio... (209) mazelas minhas (2) mimos (15) momentos bons (1) Mundo (49) música (106) música/dança???? (1) Natal (72) net (62) o melhor país do mundo (9) Pai (5) palavra do dia (36) parvoíces (3) parvoíces minhas (1) parvoíces... (59) pausas que me sabem bem (1) pequenos prazeres (1) perda de peso (7) pessoas especiais (39) pessoas por aí (1) Pobre Portugal... (8) poesia (1) Política (125) Portugal (128) Portugal - liberdade (4) Portugal. liberdade (4) poupança (7) praia (3) preguiçosa (1) Projecto 365 (67) publicidade (30) quando eu era pequenina (6) Rádio (25) reflexões (56) relaxar (4) revistas (3) Saúde (36) selos (4) sobre os preconceitos e as lições que a vida nos dá (1) sol (1) solidariedade (2) sonhos... (1) Tejo (1) Tempo (115) tenho frio (1) todos diferentes todos iguais (1) tontices (2) trabalho (158) trabalhos manuais (2) trânsito (3) transportes (6) tv (80) vícios (6) vida escolar (45) YES (1)

Também leio...

As fotografias inseridas neste blog têm origem em:

- Mim própria;
- i can read;
- And it's love;
- vi.sualise.us;
- google;
- Pinterest

Qualquer foto vossa que aqui estiver e que não queiram publicada, digam, que eu retiro imediatamente.