terça-feira, 24 de novembro de 2009

Este post está para sair há muito tempo

e, portanto, sai agora.

Sempre fui uma pessoa que teve que "lutar" para ter as coisas que queria. Em miúda, para ter alguma coisa que queria, ou pagava da minha pequena semanada (lembro-me da minha colecção d'Os Cinco e d'Os Sete) ou trabalhava (estudava para ter bons resultados escolares) para isso. A minha primeira bicicleta foi-me dada quando passei para o 7º ano, a minha primeira aparelhagem foi-me dada quando passei para o 10.º ano.

Depois dos meu pai morrer, passamos por tempos bastante difíceis e passei a estudar à noite para poder trabalhar de dia, não para ter as minhas coisas, mas para poder ajudar às despesas em casa.

Antes de casar, compramos a nossa casa com o nosso dinheiro e um empréstimo que fizemos ao banco. A casa foi mobilada aos poucos (só depois de bastante tempo depois de casar é que ela ficou completamente mobilada), com o dinheiro dos nossos ordenados.

Quando casei, o casamento e a lua-de-mel foi paga por nós, sem ajudas externas (acabou por ser um casamento relativamente íntimo, com apenas 50 pessoas, fantástico, cheio de pequenos bons pormenores).

Quando me divorciei, todas as despesas que tive e todas as dívidas com que fiquei, foram pagas por mim.

Ao longo da minha vida como mãe, tenho tentado ensinar os meus filhos que nada nos é dado só porque queremos, que temos que fazer por merecer aquilo que nos é dado ou que temos que trabalhar para o conseguir.

E é por isso que faz muita confusão ouvir pessoas adultas (não falo das crianças, poque isso é matéria para outro post inteirinho) dizer que tudo o que têm lhes foi dado, sem qualquer esforço, e que se sentem muito bem com isso.

Tudo bem, são felizes assim. Mas e se, um dia, ficam sem ajuda? Não estando habituados a "lutar" por nada, como reagirão se o tiverem que o fazer?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Labels

... (186) ' (1) 'Cóltura (1) 'o melhor país do mundo' (9) 'o melhor país do mundo'; (1) 'One Good Deed a Day' (15) "Cóltura" (5) "o melhor país do mundo" (78) 101 coisas em 1001 dias (4) 2010 (8) 2011 (7) 2012 (6) 2013 (2) 2013 Technicolor (55) 2014 (3) 25 de Abril (2) 30 dias para o Natal 30 agradecimentos (30) 31 dias para o Novo Ano 31 desejos (31) a idade não perdoa (1) a minha família (9) a minha família e a blogosfera (3) a vida como ela é (121) actualidade (1) ai (1) ai... (1) alegria no trabalho (1) almoço (1) amigos (8) animais (12) aniversários (38) aprender (2) aquilo que eu acho (1) as amantes do verão (31) atletismo (1) atrasados mentais (2) Benfica (5) blog (36) blogger (2) Blogosfera (162) Boas ideias (1) bullying (1) cabeça no ar (2) calor (1) cansaço (1) Carnaval (5) cinema (21) Citações (26) coisas boas (4) coisas da maternidade (1) coisas giras (2) coisas hilariantes (1) coisas minhas (89) coisas que gosto (142) coisas que me acontecem (1) coisas que me sabem bem (1) coisas que não compreendo (2) coisas raras (1) coisas sem interesse nenhum (1) coisas simples (1) conselhos (5) crise (1) crónicas (1) culinária (18) de vez em quando sabe bem desabafar (1) decisões em família (1) desafio 12 meses (12) desafios (143) desporto (3) dias especiais (17) dinheiro (52) doenças (37) eleições (10) escritores (1) escritos que gosto (3) estação favorita (2) estações favoritas (5) Eu (283) eu sou assim (4) Eu sou dadora de sangue com muito orgulho (1) Eu sou dadora de sangue com nuito orgulho (1) exageros (1) F/M (4) faltas de educação (15) Família (103) (9) felicidade (6) férias (107) Filhos (199) fim-de-semana (1) finanças (6) fobias (1) fora do trabalho (1) fotografia (94) fruta (1) Futebol (44) grandes verdades que vou encontrando por aí (1) greve (2) gulodices (1) hobbies (23) idade (1) Idiotas com "i" grande (1) idiotices sem explicação (6) indecisões... (4) Inícios (8) intuição (1) irmã (1) irritações (1) jornais (16) justiça para todos? (14) liberdade (2) Lisboa (1) livros (80) marmitas (1) mau feitio (1) mau feitio... (209) mazelas minhas (2) mimos (15) momentos bons (1) Mundo (49) música (106) música/dança???? (1) Natal (72) net (62) o melhor país do mundo (9) Pai (5) palavra do dia (36) parvoíces (3) parvoíces minhas (1) parvoíces... (59) pausas que me sabem bem (1) pequenos prazeres (1) perda de peso (7) pessoas especiais (39) pessoas por aí (1) Pobre Portugal... (8) poesia (1) Política (125) Portugal (128) Portugal - liberdade (4) Portugal. liberdade (4) poupança (7) praia (3) preguiçosa (1) Projecto 365 (67) publicidade (30) quando eu era pequenina (6) Rádio (25) reflexões (56) relaxar (4) revistas (3) Saúde (36) selos (4) sobre os preconceitos e as lições que a vida nos dá (1) sol (1) solidariedade (2) sonhos... (1) Tejo (1) Tempo (115) tenho frio (1) todos diferentes todos iguais (1) tontices (2) trabalho (158) trabalhos manuais (2) trânsito (3) transportes (6) tv (80) vícios (6) vida escolar (45) YES (1)

Também leio...

As fotografias inseridas neste blog têm origem em:

- Mim própria;
- i can read;
- And it's love;
- vi.sualise.us;
- google;
- Pinterest

Qualquer foto vossa que aqui estiver e que não queiram publicada, digam, que eu retiro imediatamente.