terça-feira, 29 de setembro de 2009

Das eleições

Pronto. Agora que já todos falaram delas, falo eu.
Tal como mostraram tão bem os Gato Fedorento ontem, todos ganharam e todos perderam.
Ninguém (ao nível dos partidos) pode dizer que está completamente satisfeito, mas ninguém pode dizer que está completamente insatisfeito.
Quanto a nós, votantes, teremos que aguardar pelos próximos tempos para realmente perceber se ficamos a ganhar ou a perder. E agir consoante a nossa avaliação. A democracia é isso mesmo.
Como devem reparar, coloquei a Bold a palavra votantes. E porquê? Porque, na minha opinião, só quem vota tem direito a manifestar opinião sobre o desempenho dos governantes, bem como da oposição.
Quem protesta, protesta e volta a protestar e depois, quando chega a hora de agir, se recusa fazê-lo, com argumentos idiotas como "ah! eles são todos iguais, portanto fica tudo na mesma, não vale a pena votar" ou outras coisas como tal, bem pode ficar calado, porque quem não exerce o seu direito/dever cívico de votar, não tem também qualquer direito de exigir seja o que for daqueles que foram eleitos (governo ou oposição).

Desde pequena que me foi incutido o espírito cívico pelos meus pais. Vivemos em democracia, onde nos é permitido exprimir a nossa opinião sobre os nossos governantes. Lembro-me perfeitamente de ir orgulhosamente com o meu pai e com a minha mãe à mesa de voto em dias de eleições. Desde os 18 anos, falhei uma única votação, umas autárquicas, num dia em que tinha o meu filho mais velho doente e não pude de maneira nenhuma sair de casa. Já cheguei a votar à 18h55m, mas votei. E é por isso que me custa muito, mesmo muito, saber que quase 40% de pessoas que podiam votar, não o fizeram por pura preguiça (sei que existem muitas excepções, por motivos de saúde, por se encontrarem demasiado longe do local de voto, mas esses são uma parte mínima daqueles quase 40%). Fico irritada, pois fico. E triste também. Por saber que tantos lutaram por aquilo que tantos desperdiçam.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Labels

... (186) ' (1) 'Cóltura (1) 'o melhor país do mundo' (9) 'o melhor país do mundo'; (1) 'One Good Deed a Day' (15) "Cóltura" (5) "o melhor país do mundo" (78) 101 coisas em 1001 dias (4) 2010 (8) 2011 (7) 2012 (6) 2013 (2) 2013 Technicolor (55) 2014 (3) 25 de Abril (2) 30 dias para o Natal 30 agradecimentos (30) 31 dias para o Novo Ano 31 desejos (31) a idade não perdoa (1) a minha família (9) a minha família e a blogosfera (3) a vida como ela é (121) actualidade (1) ai (1) ai... (1) alegria no trabalho (1) almoço (1) amigos (8) animais (12) aniversários (38) aprender (2) aquilo que eu acho (1) as amantes do verão (31) atletismo (1) atrasados mentais (2) Benfica (5) blog (36) blogger (2) Blogosfera (162) Boas ideias (1) bullying (1) cabeça no ar (2) calor (1) cansaço (1) Carnaval (5) cinema (21) Citações (26) coisas boas (4) coisas da maternidade (1) coisas giras (2) coisas hilariantes (1) coisas minhas (89) coisas que gosto (142) coisas que me acontecem (1) coisas que me sabem bem (1) coisas que não compreendo (2) coisas raras (1) coisas sem interesse nenhum (1) coisas simples (1) conselhos (5) crise (1) crónicas (1) culinária (18) de vez em quando sabe bem desabafar (1) decisões em família (1) desafio 12 meses (12) desafios (143) desporto (3) dias especiais (17) dinheiro (52) doenças (37) eleições (10) escritores (1) escritos que gosto (3) estação favorita (2) estações favoritas (5) Eu (283) eu sou assim (4) Eu sou dadora de sangue com muito orgulho (1) Eu sou dadora de sangue com nuito orgulho (1) exageros (1) F/M (4) faltas de educação (15) Família (103) (9) felicidade (6) férias (107) Filhos (199) fim-de-semana (1) finanças (6) fobias (1) fora do trabalho (1) fotografia (94) fruta (1) Futebol (44) grandes verdades que vou encontrando por aí (1) greve (2) gulodices (1) hobbies (23) idade (1) Idiotas com "i" grande (1) idiotices sem explicação (6) indecisões... (4) Inícios (8) intuição (1) irmã (1) irritações (1) jornais (16) justiça para todos? (14) liberdade (2) Lisboa (1) livros (80) marmitas (1) mau feitio (1) mau feitio... (209) mazelas minhas (2) mimos (15) momentos bons (1) Mundo (49) música (106) música/dança???? (1) Natal (72) net (62) o melhor país do mundo (9) Pai (5) palavra do dia (36) parvoíces (3) parvoíces minhas (1) parvoíces... (59) pausas que me sabem bem (1) pequenos prazeres (1) perda de peso (7) pessoas especiais (39) pessoas por aí (1) Pobre Portugal... (8) poesia (1) Política (125) Portugal (128) Portugal - liberdade (4) Portugal. liberdade (4) poupança (7) praia (3) preguiçosa (1) Projecto 365 (67) publicidade (30) quando eu era pequenina (6) Rádio (25) reflexões (56) relaxar (4) revistas (3) Saúde (36) selos (4) sobre os preconceitos e as lições que a vida nos dá (1) sol (1) solidariedade (2) sonhos... (1) Tejo (1) Tempo (115) tenho frio (1) todos diferentes todos iguais (1) tontices (2) trabalho (158) trabalhos manuais (2) trânsito (3) transportes (6) tv (80) vícios (6) vida escolar (45) YES (1)

Também leio...

As fotografias inseridas neste blog têm origem em:

- Mim própria;
- i can read;
- And it's love;
- vi.sualise.us;
- google;
- Pinterest

Qualquer foto vossa que aqui estiver e que não queiram publicada, digam, que eu retiro imediatamente.