quinta-feira, 26 de abril de 2012

Dos blogs

Gostava de ter escrito isto.

"Carta a Helena Sacadura Cabral



Li, há algum tempo, uma entrevista sua em que a jornalista lhe perguntava "Como é ser mãe dos Portas?", ao que a Helena respondeu "Eu não sou a mãe dos Portas. Os Portas é que são os meus filhos."


Talvez, por isso, hoje ao deparar-me com a notícia da morte do Miguel os meus pensamentos lhe tenham sido, inteiramente, dirigidos a si. Porque hoje, mais que nunca, o Portas é o seu filho.


Não é o professor, o político, o intelectual, o pensador. É o filho da Helena.


Não me conhece de parte alguma mas queria que soubesse que estou grávida e vou ser mãe. Já o sou um bocadinho, desde o dia em que uma mancha colorida apareceu num teste de farmácia.


E hoje, a criar uma vida em mim, não posso deixar de me sentir triste por si, por ter que lidar com a morte de uma vida que criou, de um filho que projectou, educou, acompanhou, ajudou a crescer e de quem de espera tudo, menos sobreviver à sua passagem pela Terra.


Um filho é um projecto de continuidade, é um contrato sem termo, é um vínculo vitalício. Um filho não pode- não deveria!- morrer assim.


Por isso, Helena, não sei se algum dia chegará a ler esta carta mas quero que saiba que, sim, hoje estou triste consigo, por si.


E na véspera do dia da liberdade poderia dizer que o destino foi irónico mas quero acreditar que a vida- a morte?- talvez tenha alguma lógica. Que amanhã haja flores e cravos vermelhos. Que haja lágrimas e despedidas. Que haja tristeza porque nos devemos permitir a ficar tristes, desmesuradamente tristes. E que, de alma amputada, se consiga lembrar das memórias boas como daquele dia em que, com o sentido de humor que a caracteriza, respondeu "Eu não sou a mãe dos Portas. Os Portas é que são os meus filhos".


E sê-lo-ão. Para sempre.


Um beijinho apertado, como um abraço que demora."
 
Escrito pela Pólo Norte

4 comentários:

  1. Também li e adorei a carta.
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Li no dia que a Polo Norte a publicou, doeu-me a alma.
    Bj

    ResponderEliminar
  3. Li hoje e foi também isto que senti quando soube da morte do Miguel Portas.

    Nada daquelas palavras de circunstância, que saiem da boca só para ficar bem na fotografia. Apenas o sentimento de uma mãe para outra, numa hora tão dolorosa.

    ResponderEliminar

Labels

... (186) ' (1) 'Cóltura (1) 'o melhor país do mundo' (9) 'o melhor país do mundo'; (1) 'One Good Deed a Day' (15) "Cóltura" (5) "o melhor país do mundo" (78) 101 coisas em 1001 dias (4) 2010 (8) 2011 (7) 2012 (6) 2013 (2) 2013 Technicolor (55) 2014 (3) 25 de Abril (2) 30 dias para o Natal 30 agradecimentos (30) 31 dias para o Novo Ano 31 desejos (31) a idade não perdoa (1) a minha família (9) a minha família e a blogosfera (3) a vida como ela é (121) actualidade (1) ai (1) ai... (1) alegria no trabalho (1) almoço (1) amigos (8) animais (12) aniversários (38) aprender (2) aquilo que eu acho (1) as amantes do verão (31) atletismo (1) atrasados mentais (2) Benfica (5) blog (36) blogger (2) Blogosfera (162) Boas ideias (1) bullying (1) cabeça no ar (2) calor (1) cansaço (1) Carnaval (5) cinema (21) Citações (26) coisas boas (4) coisas da maternidade (1) coisas giras (2) coisas hilariantes (1) coisas minhas (89) coisas que gosto (142) coisas que me acontecem (1) coisas que me sabem bem (1) coisas que não compreendo (2) coisas raras (1) coisas sem interesse nenhum (1) coisas simples (1) conselhos (5) crise (1) crónicas (1) culinária (18) de vez em quando sabe bem desabafar (1) decisões em família (1) desafio 12 meses (12) desafios (143) desporto (3) dias especiais (17) dinheiro (52) doenças (37) eleições (10) escritores (1) escritos que gosto (3) estação favorita (2) estações favoritas (5) Eu (283) eu sou assim (4) Eu sou dadora de sangue com muito orgulho (1) Eu sou dadora de sangue com nuito orgulho (1) exageros (1) F/M (4) faltas de educação (15) Família (103) (9) felicidade (6) férias (107) Filhos (199) fim-de-semana (1) finanças (6) fobias (1) fora do trabalho (1) fotografia (94) fruta (1) Futebol (44) grandes verdades que vou encontrando por aí (1) greve (2) gulodices (1) hobbies (23) idade (1) Idiotas com "i" grande (1) idiotices sem explicação (6) indecisões... (4) Inícios (8) intuição (1) irmã (1) irritações (1) jornais (16) justiça para todos? (14) liberdade (2) Lisboa (1) livros (80) marmitas (1) mau feitio (1) mau feitio... (209) mazelas minhas (2) mimos (15) momentos bons (1) Mundo (49) música (106) música/dança???? (1) Natal (72) net (62) o melhor país do mundo (9) Pai (5) palavra do dia (36) parvoíces (3) parvoíces minhas (1) parvoíces... (59) pausas que me sabem bem (1) pequenos prazeres (1) perda de peso (7) pessoas especiais (39) pessoas por aí (1) Pobre Portugal... (8) poesia (1) Política (125) Portugal (128) Portugal - liberdade (4) Portugal. liberdade (4) poupança (7) praia (3) preguiçosa (1) Projecto 365 (67) publicidade (30) quando eu era pequenina (6) Rádio (25) reflexões (56) relaxar (4) revistas (3) Saúde (36) selos (4) sobre os preconceitos e as lições que a vida nos dá (1) sol (1) solidariedade (2) sonhos... (1) Tejo (1) Tempo (115) tenho frio (1) todos diferentes todos iguais (1) tontices (2) trabalho (158) trabalhos manuais (2) trânsito (3) transportes (6) tv (80) vícios (6) vida escolar (45) YES (1)

Também leio...

As fotografias inseridas neste blog têm origem em:

- Mim própria;
- i can read;
- And it's love;
- vi.sualise.us;
- google;
- Pinterest

Qualquer foto vossa que aqui estiver e que não queiram publicada, digam, que eu retiro imediatamente.